segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Epidemia de gripe gera medidas de contingência na França

A ministra da saúde da França, Marisol Touraine, autorizou que sejam realizadas medidas de emergência em hospitais do país para conter o maior surto de gripe dos últimos cinco anos. Entre as ações, são prioridade a imunização de idosos e o adiamento de cirurgias que propiciem a contaminação. Também devem ser evitadas aberturas de novos leitos de internação. Todos os centros de saúde do país estão mobilizados para conter a epidemia.
 

Na última semana, cerca de 600 mil novos casos foram detectados, sendo 2,1 milhões desde o início do ano no país, segundo o Instituto de Vigilância Sanitária Francês. Na região de Île-de-France, onde fica localizada a capital francesa, 1,5 milhões de pessoas já foram infectadas.

Outras cidades européias, como Bruxelas, na Bélgica, e Porto, em Portugal, também tentam conter o surto iniciado no final de 2014.

(O Globo)